Atualizamos nossos Termos de Uso. Para mantê-lo informado sobre onde processamos seus dados. Veja mais aqui ou entre em contato conosco para mais informações.

Ganhar os corações e as mentes dos seus clientes não é uma questão de vida ou morte para bartenders ou garçons, posso garantir: é muito mais sério do que isso. É tudo.

Quando as pessoas desfrutam de uma experiência bacana, não apenas impulsiona dicas, lucros e boca a boca, mas também torna as coisas mais agradáveis para você e para eles. Com mais de 34 anos na indústria, ouvimos Paul Martin sobre como impressionar e elevar a experiência de todos que passam por suas portas.

ASSUMA A LIDERANÇA

Geralmente, o pessoal nos bares se enquadram em duas categorias: reativos ou proativos. Os bartenders reativos são essencialmente "servidores", na medida em que esperam que o cliente faça uma escolha e, em seguida, sirva de acordo.

Os proativos, por outro lado, são "líderes". Ao contrário de esperar pelas instruções de um cliente, eles procuram oportunidades para liderar a experiência de serviço, orientando seus convidados em uma jornada inesperada, da qual um elemento crítico desse processo é fazer recomendações.

Ao aproveitar a oportunidade para recomendar, você está fornecendo um nível de serviço mais personalizado. Você está dando ao convidado o benefício de seu conhecimento e experiência, levando a novas e excitantes experiências de bebida ou comida. Você também está comunicando uma sensação de valorização de seus convidados (algo que gera uma lealdade poderosa), dedicando tempo para tornar a experiência de serviço pessoal e personalizada.

E mais uma consideração importante: ao fornecer um serviço proativo, em vez de reativo, você pode esperar um aumento significativo em seu volume de vendas.

Então, com isso em mente, consideremos as seguintes oportunidades para liderar e recomendar:

SEM RESPOSTAS GENÉRICAS!

Depois de fazer a pergunta "o que você me sugere para beber?", Tenha cuidado com respostas genéricas, por exemplo, "um Gin Tônica".

Aqui, você pode responder perguntando: "Você tem uma preferência?". No entanto, é uma ótima oportunidade para fazer uma recomendação e colocar um pouco de comentários na mesa. Pense em perguntar: “você tem uma preferência, ou posso recomendar algo para você?”. Geralmente, qualquer pessoa que não peça especificamente uma marca é muito aberta a recomendações, permitindo a oportunidade de aumentar ou dar insights a você, ou preferências locais.

O SEGREDO ESTÁ NOS DETALHES

Use seu conhecimento detalhado sobre produtos para apresentar aos clientes novas experiências. Por exemplo, se um convidado pedir um G&T, tente uma resposta como "na verdade, você já experimentou Tanqueray Flor de Sevilla? Se você gosta do seu gin com laranja, você vai amar!

SEMELHANÇAS DE SABORES/SENSAÇÕES

Torne-se mais familiarizado com o seu menu. Considere quais bebidas têm uma sinergia natural para que você possa fazer recomendações mais impactantes. Por exemplo, como você consegue alguém para experimentar um destilado e mixer para um coquetel? A chave é a relevância.

Por exemplo, não vale a pena recomendar um Espresso Martini para um hóspede que pediu um G&T. No entanto, você poderia dizer "na verdade, antes de eu pegar seu G&T, você já tomou um Tom Collins? É semelhante em estilo com um toque cítrico bem presente, para um bebedor G&T, é a sugestão perfeita. Lidere com sabor, características compartilhadas com as escolhas feitas, ou preferências do cliente, devem informar sua recomendação.

PRIMEIRA IMPRESSÃO

Uma técnica muito mais desafiadora para assumir o controle da experiência de serviço é a primeira impressão. Sua abordagem será um pouco diferente, dependendo do cliente ser novo ou regular.

Para o novo cliente, evite simplesmente fazer perguntas como "o que posso te sugerir?" Por que não oferecer uma recomendação antecipada? Se você está confiante o suficiente, por que não abrir com, 'Oi, você tem uma bebida em mente ou posso recomendar algo?' Ou alternativamente, 'você gostaria de ver o menu de bebidas ou posso sugerir algo especial para você?’

Por outro lado, para clientes habituais, por mais agradável que seja dizer, "oi João, o de sempre?" você está perdendo uma oportunidade. Por que não surpreender João com algo como, 'oi João, eu estava pensando sobre o que você costuma beber, nós temos esse novo coquetel no menu que eu acho que você vai amar, quer experimentar? '.

Depois que você começa a empregar técnicas de serviço proativo, o jogo muda

PERSONALIZE SUAS FALAS

A chave é mudar o padrão. Crie algumas frases com as quais você possa se sentir confortável e que também ofereçam a sugestão de que você tenha recomendações interessantes para compartilhar.

Tente parar de simplesmente dizer "sim" ou "certo" quando um convidado fizer um pedido. Em vez disso, pense nos exemplos acima e veja se você pode alterar sua resposta para incluir a sugestão de que você pode recomendar uma melhoria.

Depois de desenvolver algumas frases próprias, elas se tornam a maneira padrão de responder aos pedidos. Como resultado, você encontrará as oportunidades para recomendar, fazer a famosa “venda cruzada” (bebidas + comidas). Dando a você a chance de vender produtos premium, com muito mais frequência. Em última análise, proporcione uma experiência realmente envolvente e divertida para os seus convidados, ao mesmo tempo que afeta significativamente os resultados finais da sua empresa.

Seja corajoso, ousado e se comprometa.

DICAS PRINCIPAIS


Quer ter acesso aos conteúdos exclusivos do Diageo Bar Academy? Se liga no nosso site www.diageobaracademy.com e seja o destaque do seu mercado!