We have updated our Privacy and Cookie Notice to keep you informed where we may process your personal data. See more here or contact us for more information.

A maioria das pessoas já ouviu falar sobre cervejas artesanais e destilados artesanais, mas você já pensou em gaseificados artesanais? Eles realmente fazem diferença? São a nova tendência para 2016? Conversamos com Gerry Calabrese, proprietário do Wringer + Mangle, onde o uso de gaseificados artesanais é um dos pontos de venda mais exclusivos do bar.

POR QUE FAZÊ-LO?

À medida que o renascimento dos destilados artesanais ganhou velocidade, o mesmo aconteceu com a demanda e a oferta de gaseificados artesanais. Pela primeira vez, pequenas empresas estão vendendo grandes marcas quando se trata de tônicos, limonada e todos os tipos de variantes em seus gaseificados tradicionais e essa mudança ajudou a melhorar a qualidade e o serviço da indústria de bares. Agora estamos vendo mais e mais destilados sob medida, combinados com gaseificados artesanais igualmente bonitos, em vez de produtos de marca comercial de receita padrão.

Ao criar seus próprios gaseificados exclusivos, você pode personalizá-los para realçar todos os sabores de seu pequeno lote de vodka, realçar os temperos em seu rum microdestilado ou, melhor ainda, destacar os vegetais em seu gin sofisticado. Melhor ainda, você pode escolher quais botânicos deseja e diminui sua presença com seus gaseificados feitos internamente, porque você tem controle total sobre o sabor deles.

Outro benefício de desenvolver seus próprios gaseificados é que eles podem realmente ajudá-lo a vender coquetéis autorais. Se você tem um convidado que realmente adora um gim com pepino, mas também quer um pouco de frutas cítricas, você pode sugerir talvez um com Spritz de flor de sabugueiro, que complementa o pepino, mas também adiciona um toque picante sem sobrepujar a bebida. Por ter essa dimensão extra para elevar suas vendas, aumenta também a probabilidade de um número maior de vendas de coquetéis tornando um bar muito mais lucrativo e rentável.

COMO COMEÇAR

Grande parte do tempo gasto para criar uma variedade de gaseificados está, na verdade, no estágio de pesquisa e desenvolvimento. Acho que a melhor maneira de pesquisar o que os gaseificados caseiros criam é ouvir o que as pessoas querem e, em seguida, trabalhar em conjunto para entregá-los. Foi uma grande curva de aprendizado e demorou muito tempo para sonhar com tantos sabores carbonatados e encontrar aqueles que funcionassem. No final, reduzimos nossos gaseificados atuais para apenas nove variedades, incluindo algumas espumas carbonatadas que realmente adicionam outra profundidade aos coquetéis em long drink.

A maneira mais fácil de preparar seus gaseificados para o serviço é preparar um grande número de sabores populares e garantir que eles possam ser recarregados rapidamente. Quando temos uma noite agitada e um sifão está acabando, sabemos que temos um sobressalente e ficamos trocando-os a noite toda. Realmente não é mais incômodo do que usar uma garrafa gaseificada se você estiver bem preparado em seu estoque.

O FUTURO DOS GASEIFICADOS ARTESANAIS

Acredito que os gaseificados artesanais se tornarão comuns nos próximos anos, assim como xaropes artesanais são encontrados em todos os bons bares de coquetéis atualmente. Os benefícios para os clientes são que eles podem ter algo novo, que nunca experimentaram antes, eles são encorajados a experimentar novos sabores e a se sentirem parte de uma experiência revolucionária de bebida. Frequentemente, você tem uma ampla variedade de misturas para tirar usar é hora de criar uma nova lista de coquetéis e as cáspsulas de CO 2 são muito mais baratas do que uma caixa de água tônica, então também mantém os custos baixos!

Quer fazer se próprio gaseificado artesanal? Dê uma olhada na receita de Gerry...

SODA DE BETERRABA E VANILLA

Um exemplo que criamos na Wringer + Mangle é um refrigerante de beterraba e baunilha, que você definitivamente não encontraria na prateleira de um mercado. A doçura natural da baunilha combina maravilhosamente com o sabor fresco e inconfundível da beterraba. Nós o usamos em alguns dos coquetéis da última temporada. É muito simples de fazer:

Método:

  1. Descasque e corte a beterraba
  2. Fatie as favas de baunilha no sentido do comprimento para abri-las
  3. Cozinhe em uma panela grande com 700ml de água por 15 minutos
  4. Deixe esfriar e coe a beterraba e a baunilha antes de decantá-la em um sifão de soda
  5. Carregamos com 2 cápsulas de CO 2, o que é perfeito para o que o usamos, mas você também pode usar apenas um.
  6. Guarde em um local fresco, como uma geladeira ou uma cuba de gelo para obter melhores resultados de gaseificação.

Isso, como a maioria dos refrigerantes, vai durar uma semana ou mais, dependendo dos ingredientes que forem utilizados. O refrigerante feito com uma infusão de nozes e ervas durará mais do que um contendo sucos naturais - no entanto, sugiro trocá-los a cada três dias para manter tudo o mais fresco possível e manter o melhor sabor.

Você já experimentou gaseificados artesanais em seu bar? Envie um tweet para nós em @diageobarac, compartilhe seus coquetéis no Instagram @diageobarac_br ou curta a gente no Facebook - adoramos ver todas as suas criações!

Inscreva-se e torne-se um membro da Diageo Bar Academy hoje mesmo e descubra as últimas notícias, tendências e dicas da indústria para manter seu conhecimento sobre bar em dia!

(* Uma bebida padrão contém 8g de álcool)