We have updated our Privacy and Cookie Notice to keep you informed where we may process your personal data. See more here or contact us for more information.

« voltar para Bar Life

MÃE E BARTENDER: COMO CONCILIAR A CARREIRA

Bartender mistrurando um drink

COMO TUDO COMEÇOU

Eu sou a Talita Simões, bartender, mixologista e hoje Embaixadora de Marcas da Diageo, e mãe do Pedrinho. Minha carreira iniciou em Londres e vindo para o Brasil comecei depois de muito tempo como Chefe de Bar do extinto bar Gabriel. Segui para a supervisão dos bares do Hotel Unique. Desde então, não saí mais do mundo da hospitalidade.

A vinda do filho, Pedrinho

Em 2010, abri meu primeiro bar, o At Nine, e logo em seguida veio meu filhote. Em 2011 venci World Class Brasil e fui para Índia representar o Brasil conquistando o segundo lugar na América Latina. Abri muitos bares e realizei muitas consultorias pelo Brasil a fora, e foi um desafio estar longe do meu filho.

Sendo bartender há pelo menos 20 anos, nunca imaginei que pudesse um dia conseguir ser mãe. Quando o Pedrinho veio, estava abrindo meu primeiro bar - o At Nine - e ele nasceu 2 dias após a inauguração. Foram duas semanas pelo menos sem dormir direito e óbvio que tinha que contar muito com a ajuda da equipe e de minha família.

Minha família não é uma família nos parâmetros que a sociedade julga como normal. Mas, para nós, foi muito melhor sendo assim. Me casei com uma mulher e fizemos uma inseminação pela qual quem gerou foi ela. E eu estava na época trabalhando, mas sempre ao lado dela com todo o apoio necessário.

4 dicas essenciais para conciliar o trabalho e a maternidade:

várias mãos em grupo

Um ponto importante na profissão: as viagens

Balcão de bar com copos e drinks

As viagens iam acontecendo e o mais difícil foi ficar longe dele por alguns tantos dias. A recompensa é saber que no retorno ia rever aquele anjinho lindo, me trazendo paz. E sabendo que todo o esforço era para o futuro dele.

Então, o mais importante é ter alguém do seu lado que te de suporte e contar com a compreensão de sua equipe.

Quando estiver viajando, ligue sempre para ele ouvir sua voz. Mesmo de longe, ele vai saber que você está sempre por perto. Isso faz toda diferença.

Enquanto ele cresce, inclua ele em sua realidade. Leve ele em seu trabalho para que todos o conheçam. Deixe que ele também fazer parte da família do bar.

E por fim, seja uma mãe ativa, acolhedora, sem barreiras e sem rótulos.

CINCO PONTOS CHAVES

  1. Priorize suas tarefas do dia a dia de trabalho e vida pessoal
  2. Conte com o apoio de sua equipe
  3. Inclua seu filho(a) em sua realidade da rotina de trabalho
  4. Equilibre sua vida profissional aos demais afazeres da vida profissional
  5. Mantenha-se presente na rotina de seu filho, mesmo quando estiver viajando