We have updated our Privacy and Cookie Notice to keep you informed where we may process your personal data. See more here or contact us for more information.

« voltar para Drinks & Food

RED RYE FINISH: O BLEND EDIÇÃO LIMITADA DA JOHNNIE WALKER

Experimentar e criar novas experiências de sabor para seus clientes é uma das partes mais divertidas do trabalho de um bartender. E agora, você tem um scotch blend novo e original para usar em suas criações. O Johnnie Walker Blenders’ Batch é uma nova série de blends em edição limitada, criada pensando nos bartenders. O primeiro a ser lançado será o Red Rye Finish.

Batemos um papo com a equipe de Johnnie Walker para saber mais sobre esse novo blend, como fazer um Red Rye Finish Manhatan perfeito, e descobrir o que os críticos de Nova York estão achando do Blenders’ Batch Red Rye Finish.

Da Escócia para Nova York

Colocar seu coração e alma em um trabalho que se ama, para depois oferecê-lo aos especialistas para que eles (talvez) acabem com ele é algo assustador.

E foi exatamente isso o que Emma Walker, a destiladora da Johnnie Walker, fez quando pegou seu novo e experimental whisky, Johnnie Walker Blenders’ Batch Red Rye Finish, e levou da Escócia para Nova York. Da casa do blended scotch até o berço do coquetel Manhatan foi uma assustadora viagem de descobertas.

O principal ingrediente do clássico Manhatan é whiskey de centeio americano. Por isso, como os nova-iorquinos receberiam essa variação sobre o mesmo tema, com seu elemento básico sendo substituído pelo blended scotch?

E não eram quaisquer nova-iorquinos. Emma colocou seu Red Rye Finish frente aos olhos, narizes a paladares dos mixologistas e taste-makers mais influentes da cidade.Entre eles estava Dave Arnold, fundador e presidente do Museum of Food and Drink e proprietário do bar experimental de coquetéis Booker & Dax; Peter Napolitano, lendário bartender velha guarda e filósofo, do Brooklyn’s Melody Lanes Bowling Alley; além do especialista em mixologia Sother Teague, diretor de bebidas na Amor y Amaro, no East Village.

Emma precisava que esses magos da coquetelaria provassem o Red Rye Finish com a mente aberta, se é que isso seria possível. Algo mais fácil de dizer do que fazer, quando se trata de personalidades de reputações gigantes como esses caras.

Um blend original, em edição limitada

E sobre o whisky em si? O Red Rye Finish é o primeiro lançamento da nova série Johnnie Walker Blenders’ Batch – uma edição limitada, com blends experimentais criados por Emma e por um grupo de destiladores especialistas, tudo supervisionado pelo chefe da Emma: O mestre destilador da Johnnie Walker, Jim Beveridge.

Este é apenas um dos resultados de milhares de experiências contínuas sobre sabores, que acontecem todos os dias na casa do whisky na Escócia. O Red Rye Finish foi criado “no bar”, o que significa que foi criado pensando especificamente nos bartender e entusiastas amadores de coquetéis, para que eles tenham um whisky perfeito para ser servido puro ou como base de um drink que fique impecável todas as vezes.

Para que chegassem neste blend ideal, foi preciso mais de 50 experiências, explorando 203 amostras de whiskies, de malte e de cereais, até chegar ao Red Rye Finish, criado a partir da mistura de quatro whiskies. Fazem parte de sua composição o Cardhu single malt, por causa do seu sabor de frutas fresco e vibrante, e também o Port Dundas, whisky cremoso feito com grãos de baunilha. O Red Rye Finish é um blend feito de whiskies de malte e de cereais, envelhecido em barris de bourbon virgens e finalizado em barris de centeio.

Quando Emma partiu em sua turnê para Nova York, sua confiança no Red Rye Finish estava misturada com uma saudável dose de realismo, e enfeitada com uma fatia de otimismo e esperança.

“O Red Rye Finish foi inspirado pelos sabores do whisky de centeio americano, e eu queria um parecer honesto e frente a frente, sobre seu sucesso ou fracasso, dos maiores especialistas”, ela explica. “Eu estava nervosa, era uma tarefa bastante intimidadora – conseguir a aprovação dos especialistas em mixologia de Nova York, para um Manhattan usando um blend da Johnnie Walker ao invés do tradicional whiskey americano”.

Johnnie Walker passeia em Manhattan

A viagem de Emma acabou virando o documentário “Blenders’ Batch – Emma’s Red Rye In New York. Com esse filme, logo ficou claro que Emma não precisava ter ficado tão preocupada.

É justo dizer que o Red Rye Finish caiu nas graças nos maestros dos coquetéis de Nova York. Dave Arnold se apressou em dizer que odeia Rob Roys – um antigo tipo de Manhattan feito com scotch – mas que o Red Rye Finish o deixou impressionado. “É delicioso. Parece um Manhattan ‘de verdade’”. Sother Teague continuou: “Eu penso em bebidas da mesma forma que penso sobre comidas: temporada, ocasião e atmosfera. E eu realmente gostei desse whisky”.

O mais recompensador para Emma foi quando Peter Napolitano, ícone da mixologia, sorriu e prometeu fazer um para si próprio “daqui a pouco... quando ninguém estiver olhando”.

E aí estava. A aprovação de três dos mais rígidos críticos de bebidas de Nova York, e uma orgulhosa destiladora da Johnnie Walker.

“Eu recebi comentários e ideias muito valiosas dos rapazes de Nova York, muita sabedoria que eu vou levar de volta à Escócia e sem dúvida usar nos blends futuros”, disse Emma.

Mas será que ela considera o Red Rye Finish o blend perfeito? “É o melhor do scotch, misturado aos melhores sabores do whiskey americano tradicional, mas... existe um blend perfeito? Será que pode existir? É uma escolha pessoal, não dá para determinar o que é perfeito para cada um”.

É justo, não dá, mas pelo menos você dizer como fazer um Manhattan incrível, feito com um blended Scotch.

Watch the film of Emma’s make-or-break adventure in Manhattan here:

Red Rye Finish Manhattan

50 ml de JOHNNIE WALKER BLENDERS’ BATCH RED RYE FINISH

PREPARO

Você já usou o Red Rye Finish nos seus drinks? Entre na conversa no Twitter @diageobarac, no Instagram @diageobarac ou fale conosco na nossa página no Facebook. Queremos ouvir você.

(*uma dose contém 8g de álcool)


Quer ter acesso exclusivo a conteúdos sobre o mercado, ferramentas de bar e calculadores de rentabilidade? Inscreva-se na Diageo Bar Academy e tenha acesso ilimitado a tudo isso.